Banner
Nathalia perguntou:

Será que foi macumbaria no meu casamento?

Bom estamos juntos a seis anos 4 de casamento e meu marido me traiu, conversamos perdoei, porem sempre surgia uma desconfiança, a uma semana descobrir outra traição quando fui cheia de cobrança ele confirmou minha suspeita, bati na cara dele ele me machucou para se defender nos torturamos, ele saiu de casa sem nem despedir dos filhos temos 2 filhos um de 3 anos e outro de 4 meses e queria muito continuar com minha família porém, nosso casamento vinha com pequenas briguinhas que estava desgastando, a família dele crê em macumbaria, e no dia que fui na casa dos pais conversar pra nos entender tinha 2 Cosme e Damião cheios de oferenda, tudo isso aconteceu no domingo dia 28 oito "dia deles"os pais mandarão um rezador rezar nele e ele tomou uns banhos. Tentei conversar no dia 3 mas ele foi frio e disse que me amava mas não queria não ia dar certo, mas nos nos amamos queria que Deus restaurasse a minha família. Sei que as vezes fui muito chata cobrei muito dele quando ele ainda pensava na gente como família. já correr atrás uma vez. Continuo em busca da minha família ou desisto. tenho 24 anos e ele 30.

Anúncios
Thumb c  data users defapps appdata internetexplorer temp saved images atos 1 8
Icon7 Icon3
Jackson respondeu:

Conserteza foi obra do maligno não desista do seu casamento ore clame a Deus pela restauração da sua família que Deus te abençoe sempre

Avatar blank
Nathalia respondeu:

Obrigada pelas palavras

Picture?width=100&height=100
Icon7 Icon2
Larissa Borges respondeu:

Amada,

Jamais se culpe. Não sei se ele joga a culpa da traição dele sobre você, o que acho uma grande maldade, mas acho que você não deve se culpar. Por mais "chata" que você tenha sido, nada justifica a infidelidade dele duas vezes seguidas. Como se não bastasse o primeiro sofrimento que ele te causou, ele ainda fez de novo, mostrando que não se arrependeu. Para mim, fidelidade está associada aos princípios e caráter. E por mais que não devamos julgá-lo, ele não agiu com caráter. Então jamais se culpe por esse desvio de princípios dele.

Eu até creio que essa suposta obra de macumbaria possa ter contrubuído de alguma forma para piorar esta situação. Mas não creio que ela tenha sido a causa. Porque o adversário não entra em qualquer lugar, mas somente quando abrem a porta para ele entrar. É muito fácil colocar a culpa no diabo pelas coisas ruins que se faz. Então acho que você não deve focar nessa obra de macumbaria. Se isso contribuiu ou não, o que importa é que ele jogou baixo com você.

Acho que em primeiro lugar você deve se valorizar. Não corra atrás dele e implore para que ele volte. Se alguém deve ter atitude de se arrepender e voltar, esse alguém é ele. Eu creio que Deus tem o poder de mudar o coração dele. Por isso acho que o seu foco agora deve ser em Deus. Busque estabelecer um relacionamento com o Senhor. Deixe ele entrar na sua vida. Ore, vá à igreja, ore também para que Deus liberte o pai dos seus filhos. Nossa oração e fé tem muito poder e há coisas que não conseguimos vencer com o nosso braço, mas apenas com a força de Deus.

Graça e paz.

Avatar blank
Nathalia respondeu:

Talvez não demos espaço a Deus nos momentos de discussões... o senhor pede pra que vigie, e ao invés de pedir de vigiar, eu brigava... talvez reclamando até das coisas boas que me oferecia... tenho minha parcela de culpa... mas nada justifica uma traição

Thumb img 20170101 081634
Icon7 Icon3
Diego Silva respondeu:

A paz do Senhor! Em primeiro lugar não é necessário uma macumba para o diabo querer destruir um casamento, isso é um grande erro pela qual as pessoa pensam,o diabo se quiser destruir um casamento pelo pode agir tranquilamente basta o casal deixar um brecha aberta para entrar. O que aconteceu no seu casamento não é macumba mas sim falhas e mais falhas que ocorreram nessa união. O que faltou e está faltando nesse casamento é sabedoria simplesmente isso, pelo pouco do seu relato já se percebe alguns erros que foi cometido tudo por que usou a ferramenta errada para solucionar os problemas que é a emoção. Por Exemplo você cita no seu texto que havia muitas brigas olha só primeira falha, pense comigo um pouco porque brigar, quando um casal começa a brigar o problema não é solucionado, mas sim é deixado de lado e foco se torna em atacar o ego da outra pessoa, quem é que gosta de ser criticado ou acusado ninguém, e por esse motivo para se defender a outra pessoa mesmo que esteja errada irá lhe atacar de volta com palavras duras também e acabam virando um ciclo que só termina quando o cansaço chega e dai vai nascendo uma raiz que se não for arrancada chega no ponto crucial que acaba sufocando o relacionamento. Vença o mal com o bem, o casamento dá trabalho e para ter bons frutos e progresso é necessário que aja investimento todos os dias, as vezes o seu marido pode não fazer a parte dele porque deveria ser parceria, mas quando isso não ocorre você pode fazer a sua parte, e verá as coisas irão mudar, quando surgir os problemas, não brigue mais, foque em conversar com calma e amigavelmente sem criticas e acusações com o objetivo e solucionar o problema e para isso acontecer procure sempre achar a raiz do problema porque dai sim compreenderá melhor o porque está acontecendo isso. Ninguém se casa para trair, se isso ocorreu que atitudes dentro do seu casamento que contribuirão para uma infidelidade dele procure avaliar e encontre onde houve essas tal falhas. Quando ele lhe traiu pela primeira vez é claro que nasceria em você uma insegurança afinal foi quebrado a confiança, mas naquele momento você teve duas escolhas, a primeira em pedir o divorcio e isso é quando você sabe que não conseguirá ter mais confiança nele e a segunda opção que foi a que tomou é perdoar e continuar no casamento só que quando você tomou essa decisão era necessário deixar o passado de lado, esquecer é impossível, mas se você não se esforça em deixar o passado de lado o seu casamento fica difícil em ter progresso porque sempre terá desconfianças e ficará em certos momentos trazendo o fato ocorrido para dentro do casamento, e é claro o seu marido tinha a obrigação também de reconquistar a sua confiança através das atitudes dele passando segurança a você, sendo verdadeiro e sincero, transparente . Reflita bem sobre tudo que lhe falei que coloque tudo numa balança e assim terá condições de tomar uma decisão melhor. Deus abençoe

Avatar blank
Nathalia respondeu:

pode ter sido....

Anúncios