Banner
Anúncios
Avatar blank

Estou em duvida a respeito da mudança dele.

Olá. Queria saber o que faço. Conheci um rapaz que estava preso, aí ele saiu e acabamos ficando juntos. Aí ele acabou indo preso de novo e agora disse pra mim que vai mudar, que foi Deus quem me colocou na vida dele, que não quer saber mais dessa vida. Será que devo confiar nele? Gosto muito dele, mas nunca aprovei essa vida que ele levava. Estou muito confusa.

Avatar blank

Não sei se desisto do pai do meu filho ou invisto em outro relacionamento, o que eu faço?

Tenho duas filhas, uma do primeiro casamento que durou 10 anos e outra de 3 anos, fruto de uma relação de quase cinco anos. Não éramos casados, apenas morávamos juntos e tivemos um filho. Quando ele estava com 3 meses nos separamos. Foi uma relação de muitas brigas, ele não é evangélico e eu me afastei nesse tempo que estávamos juntos. Quando saiu de casa alegou que foi por causa da crise financeira, e hoje mora com um amigo, dá assistência financeira a criança, mas é muito ausente como pai, vive em bares com amigos, noitadas e cervejas. Ele me ajudou a ampliar a minha casa, quando decidimos morar juntos e hoje ele me cobra tudo que fez e condiciona uma reconciliação a ajuda que eu der a ele. Vivemos muitos momentos bons, mas os ruins superaram e ele já me humilhou, me maltratou com palavras, e mesmo assim eu sinto que ainda mantenho no fundo alguma esperança. Não sei se ele tem alguém sério e eu conheci uma pessoa maravilhosa que quer casar comigo, que me valoriza como mulher e me trata muito bem. Não sei o que faço. Por favor, me ajudem!!

Avatar blank

Me ajudem! Problemas no namoro.

Namoro a 1 ano e estamos construindo nossa casa para nos casarmos. Mas me sinto triste as vezes porque vamos longe demais e sei que o Espírito Santo se entristece comigo, sou batizada. Já até deixei de tomar ceia por conta dessas pegações. Deus pode não abençoar meu casamento por sermos tão falhos e dermos lugar a carne? Me arrependo sempre.

Avatar blank

Meu namorado me maltrata e é agressivo.

Namoro uma pessoa a dois anos, logo após os 6 meses de namoro ele se mostrou uma pessoa agressiva, quando ele fica assim, parece que o inimigo está ali presente nele. Tanto que em alguns momentos chegou a me bater. Pedi orientação a Deus para me ajudar a escolher o melhor caminho a seguir, e muitas vezes quando pedi isso, acontecia algo que ele se tornava agressivo. Hoje ele me ameaça, me trata com xingamentos e eu não estou suportando mais, será que não estou sendo obediente a Deus, pois todas as vezes que quero sair desse relacionamento e acontece algo, e eu acabo ficando. Ele já destruiu meu amor próprio e minha auto estima, me ajudem por favor!!! Me sinto perdida e não sei que direção tomar.

Thumb images  3
Icon6

Antes só?

Tive um relacionamento por 10 anos, fui traída e hoje a cerca de 2 anos estou solteira. Deus tem me ajudado muito, mas estou me sentindo muito sozinha e gostaria que Deus me falasse ao coração, se ele tem a pessoa certa pra mim, ou quais seus planos. Sei que um relacionamento não é tudo e por isso peço a Deus todos os dias mais do que isso. Peço por um companheiro de jornada, um amigo e acima de tudo um homem temente a Deus, mas vejo os dias passarem e não vejo nada acontecer. Já não sei mais o que esperar.

Avatar blank
Icon7 Icon2

Qual a maneira mais sábia de agir neste caso?

Há 7 meses conheci um rapaz em uma caravana de jovens na igreja. Ele é íntegro, espiritual, obreiro, instrumentista e tem 23 anos. Eu 24 anos, sou professora de crianças e do louvor também. Nunca namoramos. Moramos em cidades diferentes e vi que tínhamos muitos propósitos em comum, nos interessamos um pelo outro. Ele me convidou para orar por um resposta do Senhor pra namorarmos, mas Deus sempre ficava em silêncio. Só conversávamos por telefone sem contato físico. Até que vieram revelações que viriam ventos para nos afastar de Deus. Pensamos em nos distanciar, mas nosso sentimento estava muito forte. Nos encontramos, nos beijamos, e continuamos orando pra namorar.

Estávamos bem, em paz, até que ele começou a ficar cheio de medos, dúvidas, tendo pesadelos conosco. Vi também que ele era muito novo. Cheio de incertezas, baixa estima, inseguro, que começava as coisas e não terminava, com muitos medos, marcas do passado. Muitas brigas no lar dele, enfim. Até que Deus disse pra ele descansar, pois não era o tempo de um relacionamento, e que lá na frente, ele iria mover as coisas. Isso foi em fevereiro e sofremos demais. Muitas lágrimas das duas partes, pois foi uma luta pra nos afastar. Tentávamos encontrar soluções, mas vieram muitas dificuldades. Comecei a me sentir enrolada com ele. Porque eu queria insistir e ele obedecer a Deus. Muitas confusões e sofrimentos e eu sabia que Deus não estava presente entre nós.

Até que eu resolvi dar um basta na situação. Disse pra ele que eu não poderia ficar naquele rolo. Que isso não era coisa de servos do Senhor. E que eu via que ele era todo cheio de incerteza em relação ao nosso futuro, embora sempre disse que me amava, que queria casar comigo, que eu era a mulher da vida dele. Aí me afastei. Comecei a orar ao Senhor pela minha vida sentimental, esperando outra pessoa. Mas... no meu coração ainda ficava o sentimento por aquele rapaz. A é, e meus pais também não chegaram a conhecê-lo. E minha mãe disse que ele não me ama de verdade, se não assumiria um compromisso. Ela disse que ele tava me enrolando, que era pra eu terminar. Essa conversa com meus pais pesou também em minha decisão. Porque eu obedeci e segui os conselhos deles. Enfim...

Depois de mais de 1 mês afastados, voltei a conversar com esse rapaz. Porque ele não me larga e fica sempre puxando conversa comigo. Nunca desapega. Mandei ele procurar outra moça, mas ele nunca vai, porque fala que sou eu que ele quer. Aí acabei voltando a conversar por telefone e até oramos juntos pela manhã, pois ele me liga. Nosso sentimento continua o mesmo. Mas eu não insisto mais, porque sei que não temos a benção do Senhor.

Por mim, eu abriria mão desse relacionamento. E oraria para Deus mandar outra pessoa. Porque o que importa para mim é a benção do Senhor. Não existe coisa mais linda que um relacionamento de paz, que é abençoado por Deus e é isso que eu busco. Tenho orado e jejuado por isso. Mas o que eu faço com esse rapaz? Esqueço de vez, espero por ele? Como eu lido com ele? Eu queria não gostar dele ou que ele me deixasse, mas está muito difícil de nos afastar.

Avatar blank

O que devo fazer?

Boa Tarde! De uns quatro meses para cá meu marido vem dando muita atenção ao whatsapp. Quando está em casa fica somente por conta do celular, percebendo uma vez que ele tentava me esconder o telefone (o qual já estava até com senha para ninguém olhar). Um dia quando tentei ver não deixou, brigamos, depois disse que estava só brincando comigo, eu sabia que algo estava errado, mas deixei passar. Agora, sábado passado, novamente vi que ele tava concentradíssimo no celular, teclando com alguém, e que ele virava a tela quando eu passava perto, fui tentar olhar, ele escondeu o celular, arrancou a bateria, cena triste, humilhante, de lá pra cá, quase uma semana, meu coração está duro, triste. Quero um conselho!

Thumb image

Minha vida anda uma bagunça. Não sei o que faço e nem pra onde vou, pois nada dá certo pra mim.

Minha vida anda tão errada, tão na contra mão. Parece que nada se encaixa, nem as pessoas nem os lugares. Minha válvula de escape está sendo viajar e a minha paixão por moto, por trilha pra aventura e isso me faz esquecer tudo ao meu redor. Quando to viajando deixo meus pensamentos inertes a tudo e a todos e quando tenho que ir pra casa, isso me dá angústia. Por que? Você deve se perguntar. É simples: não tenho porque voltar. Amigos? Tenho um e esse vive ocupado, ele se fecha no mundinho dele e se isola e isso é da personalidade dele. Namorada? Isso não sei o que é, pois não tenho sorte no amor. Toda pessoa que encontro não dá certo. A primeira foi a que mais amei, mas quando ela queria eu não dei o valor suficiente e quando eu quis, ela não quis. Foi cambaleando até acabar comigo namorando outra e ela querendo casar comigo e eu sem saber se era verdade. Sei que eu to só, pois ela meio que se revoltou, ela reatou com um namorado que a séculos não via, transou com ele, engravidou dele e agora vão se casar. Sei lá é meio irônico isso.

Conheci uma garota e ela é nova convertida. Nós começamos a namorar e ela era ex espírita. Sei que passou o tempo e ela pisa o pé na parede e diz que não tá se identificando com o evangelho e diz que quer ser espírita e ponto. Eu falei pra ela que não dava certo e terminei, pois ela já estava me fazendo até desacreditar em coisas essências da vida cristã, então foi aí que cai fora. Não tenho sorte com relacionamentos e as vezes uma tristeza me invade que eu falto pirar. A outra é crente, eu conheço a muito tempo e sei seus defeitos, pois somos amigos. Nós compartilhamos da mesma fé, mas as vezes sinto que ela tem medo de mim e ela deve pensar que eu sou ruim. Tem medo de me dar uma chance e eu não sou perfeito, mas o fato de pessoas piores do que eu terem se dado melhor na vida me incomoda e me ira. Eles conseguem boas mulheres, bons filhos, tem pais que os amam e os compreendem. Eu não sou do tipo que traio quando to com alguém. Sou do tipo bonzinho, confesso que as vezes isso me incomoda. Dá vontade de chutar o balde. Deus, eu sei que não mereço, mas queria me conformar, mas não consigo. Só a misericórdia Dele mesmo. Atualmente não consigo ligar para nada, to perdido, Deus me mostra a direção!!!

Picture?width=100&height=100

Preciso de uma luz, direção e caminho!

A paz do Senhor para todos! Peço que orem por mim. Tenho tentado alguns relacionamento e nenhum foi adiante e sempre me machuco muito, estava em um relacionamento muito bom achávamos que iria pra frente, mas não foi terminamos de uma maneira brusca. E ando triste e muito deprimida oro a Deus todos os dias e tenho muita fé mas não tá sendo nada fácil, pois ando muito confusa.

Anúncios